Pousada Casarão – São João Del Rei

Nos hospedamos nesta pousada há muito tempo, mas ficou na memória minha e da Carla como um dos locais mais simpáticos que já ficamos. A cidade de São João del Rei tem algo que me parece sintetizar tudo que há de bom em Minas Gerais e a pousada está em perfeita harmonia com o local.

Como o próprio nome diz, a pousada está instalada num casarão ao estilo colonial mineiro, na praça da Igreja de São Francisco de Assis. Apesar de possuir instalações relativamente simples, a decoração dos quartos e áreas comuns da pousada são primorosas e alinhadas com o estilo do prédio. Os quartos são espaçosos, com móveis e decoração que criam um clima muito gostoso de aconchego (o Flickr do site da pousada tem fotos muito boas das áreas comuns e dos quartos). Além da pousada em São João del Rei, a família proprietária do local possuí uma segunda em Tiradentes.

Quando nos hospedamos na Pousada Casarão, estavamos fazendo um tour de carro pelas cidades históricas de Minas Gerais e nossa passagem por lá foi muito rápida, uns poucos dias, apenas para dormir.

A maior parte do dia estávamos passeando pela cidade e cercanias. Um simples passeio de carro pela cidade para observar seus casarões preservados já é um atração por si só. A cidade possui um enorme acervo de igrejas do período Barroco, como a Igreja de São Francisco de Assis e as catedrais de Nossa Senhora do Pilar, das Mercês, do Rosário e do Carmo. A Semana Santa de São João del Rei tem fama nacional.

A cidade é também famosa por fabricar artefatos de estanho, possuindo inclusive um museu muito interessante a respeito. A gente acabou comprando algo de lembrança, mas não são nem um pouco baratos.

No entanto, para mim o melhor passeio foi a viagem de Maria-Fumaça de São João del Rei até Tiradentes. Eu já fiz outros passeios de Maria-Fumaça, aqui em Campinas e em Bento Gonçalves/RS. Ainda assim, o trem em Minas Gerais tem um encanto especial, como nas músicas de Milton Nascimento. Algumas pessoas veem o trem como um passeio para crianças. Eu já o vejo como algo que já foi um dia o centro da vida de muitas pessoas e hoje é uma tecnologia aposentada. Algo que vai acontecer com a Internet um dia.

Eu a Carla andamos conversando sobre voltar às cidades históricas de Minas Gerais e temos certeza de uma coisa: em São João del Rei a hospedagem será na Pousada Casarão. Vocês podem obter mais informações sobre a pousada no site www.pousadacasarao.com.

Anúncios
Publicado em Brasil, São João Del Rey | Marcado com , | Deixe um comentário

Petrópolis – Pousada dos Pirineus

Eu e a Carla resolvemos meio que de última hora viajar neste feriado de 15 de Novembro. Depois de muito pensar e pesquisar, resolvemos revisitar a Pousada dos Pirineus em Petrópolis, onde nos hospedamos há muitos anos atrás.

A Pousada dos Pirineus está localizada no distrito de Araras, um local muito charmoso, rodeado de natureza e ao sopé de uma enorme pedra (enorme como o Pão de Açúcar). A foto abaixo mostra uma parte dela devido a neblina.

A pousada tem apenas quatro chalés e crianças não são permitidas (idade mínima é 16 anos). O Bruno, dono da pousada, resgata o sentido original do verbo “hospedar”, isto é, você se sente realmente um convidado e não um cliente. Os quatro chalés ficam bem próximos à casa de hóspedes onde é servido o café da manhã. A casa é primorosamente decorada e contém uma piscina coberta aquecida, um home theater muito bem montado e uma cave para apreciação de vinhos. Durante a tarde, há sempre chá, chocolate quente e bolo à disposição para se servir. Aliás houve um caso muito interessante: a Carla havia gostado muito de um bolo salgado que ela experimentou naquela pousada na primeira vez que estivemos lá e comentou com o Bruno. Ao final da tarde, voltando de nossos passeios, fomos surpreendidos com o bolo :-)… realmente muito simpático !

Os chalés são também muito aconchegantes. Nós ficamos numa versão mais simples, mas com uma bela lareira e uma cama muito confortável. O quarto, além da TV, tem também um aparelho de DVD. O aquecimento da água do chuveiro é muito bom. Os travesseiros e edredons são de pena-de-ganso, as roupas de cama e banho de excelente qualidade. Além disso, o banheiro possui um “aquecedor de toalhas” elétrico… realmente uma idéia muito boa.

O café-da-manhã é espetacular: frutas, sucos, pães, geléias, tudo uma delícia. Além disso pães-de-queijo, ovos mexidos e waffers feitos na hora pela Dona Cida, funcionária atenciosa que pilota a cozinha e a limpeza do local.

A pousada é bastante silenciosa, o que permite ouvir perfeitamente os sons da natureza: são diversos tipos de passáros, o vento batendo nas folhas das árvores e uma vista fenomenal das montanhas.

Durante o dia, há uma boa combinação de passeios, compras e gastronomia em Petrópolis. Araras fica muito próximo ao distrito de Itaipava, onde se concentra uma série de bons restaurantes e pequenos shopping centers.

Enfim, a única coisa chata da pousada é que ela fica a 550km da minha casa :-). De qualquer maneira, as quase 8 horas de viagem de carro (considerando as paradas) valeram muito a pena.

Super recomendo a pousada para casais e é dica certa para uma lua de mel. Veja mais detalhes no site da pousada www.pousadapirineus.com.br.

Publicado em Petrópolis | Marcado com , , | Deixe um comentário

Veneza – Uma rápida porém memorável visita

Eu e a Carla fizemos uma rápida visita de um dia a Veneza em Maio de 2008 (na verdade foi exatamente no dia 15, aniversário de 15 anos de nosso casamento). Chegamos a Veneza por trem logo pela manhã, numa viagem noturna com origem em Viena, Áustria. A noite não foi tão ruim já que reservamos um “sleeper compartment” com camas exclusivo para duas pessoas. De qualquer maneira, ficou uma impressão que talvez tivéssemos dormido melhor em poltronas.


Chegamos na estação Santa Lúcia e deixamos nossas malas maiores num “locker”na própria estação (lembro que não foi caro, uns EUR$3.00 por mala para um período de 12 horas). Logo em seguida compramos passes de um (1) dia para utilizar os vaporettos, que são os barcos que funcionam como transporte público em Veneza. Como não tínhamos muito tempo, restringimos a visita ao local mais importante da cidade, a Piazza de San Marco. Ali estão localizados o Palácio dos Doges e a Basílica de São Marcos, dois passeios interessantes. No tempo que sobrou, passeamos pelas lojinhas da praça e arredores, onde existem muitos acessórios feitos com cristal da ilha de Murano, e tomamos também uns “gelatos” (os italianos são realmente campeões na arte de fazer sorvete).

Vimos as gôndolas, o que foi bem legal, mas não me entusiasmei a fazer um passeio (achei muita coisa pagar mais de EUR$ 100.00) e convenci a Carla a gastar a quantia num outro lugar 🙂

Ao final da tarde, pegamos o vaporetto de volta a estação Santa Lúcia, onde nosso trem para Florença estava a nossa espera.

Apesar de ter sido uma passeio muito rápido, acho que deu para sentir a essência de Veneza. A cidade é um ícone mundial e acho que faz parte do imaginário de todas as pessoas que já assistiram a algum filme rodado por lá (e são muitos). A experiência foi descobrir uma cidade diferente daquilo que eu imaginava, porém não menos interessante. O que posso dizer é que Veneza é uma cidade única, não há outra no mundo igual a ela, tanto pelo seu valor histórico como por todas peculiaridades que a cerca. Com certeza está entre as cidades mais interessantes que já visitei até hoje.

Publicado em Veneza | Marcado com , , | Deixe um comentário

Linha Aérea – Blog Review

Descobri outro dia o blog “Linha Aérea” (www.linhaaerea.com) especializado em informar sobre passagens aéreas nacionais e internacionais, promoções de voos e notícias do setor aéreo.

O blog é atualizado diariamente e trás uma quantidade bastante grande de promoções para os mais diversos destinos, além de incluir todas as companhias aéreas operando no Brasil.

Os posts são curtos e objetivos, endereçando diretamente as informações necessárias.

Acho que vale muito a pena acompanhá-lo se você tem flexibilidade para viajar em qualquer época do ano e pode aproveitar as promoções que aparecem de repente (penso que se encaixa bem para pessoas aposentadas).

Coloquei o link aqui no blog em “Ferramentas de Viagem & Gastronomia” caso tenham interesse.

Um abraço !

Publicado em Outros | Marcado com | Deixe um comentário

Costa da California – De Los Angeles a San Francisco pela US-1

Este foi um trecho muito interessante da viagem que fiz à California em 1996 junto com a Carla. Depois de uns dias em Los Angeles, o objetivo foi dirigir de lá até San Francisco pela rodovia da costa (a US-1) dividindo a viagem em dois dias. O percurso total foi de aproximadamente 442 milhas, que se fossem percorridas sem parada levaria umas 8 horas de viagem.

No primeiro dia, saímos de Los Angeles bem cedo e fizemos uma primeira parada na metade da manhã na cidade de San Luis Obispo onde visitamos o prédio da Missão Jesuíta de lá. Como alguns de vocês sabem, a California pertenceu ao México até metade do século 19. Neste período, como em algumas regiões do Brasil (as cidades de São Vicente e São Paulo por exemplo) a colonização se deu com o apoio da Companhia de Jesus. Assim, todas as cidades desde o sul da California (começando por San Diego) até San Francisco foram formadas inicialmente por Missões Jesuítas. É muito curioso ver, mesmo estando bem longe do Brasil, as similaridades históricas que temos entre cidades nossas e da California.

Na sequência seguimos até San Simeon, uma cidadezinha costeira onde o principal passeio é visitar o Castelo Hearst, o que fizemos no final da tarde. Esta mansão enorme pertenceu ao magnata das comunicações americano Willian Randolph Hearst, uma espécie de Roberto Marinho dos USA nos anos 40, dono de jornais, revistas e estações de rádio. A mansão tem 165 quartos e está localizada num terreno de 127 acres, construção de fazer inveja ao finado Michael Jackson e sua Neverland (incluindo o Zoológico particular com Elefantes, Girafas e outros bichos). Comentário para os cinéfilos é que tanto o Sr.Hearst como o Castelo inspiraram o filme Cidadão Kane de Orson Wells, considerado pela maioria dos críticos o melhor de todos os tempos. Naquela época o Castelo funcionava com um tipo de “Ilha de Caras”, onde eram recebidos artistas famosos de Hollywood e políticos.

Em San Simeon passamos a noite num pequeno motel de estrada chamado Sand’s Motel. O lugar é bem simples mas para passar uma noite é suficiente.

No dia seguinte seguimos primeiro para Carmel, uma pequena cidade muito simpática, onde a curiosidade é que o Clint Eastwood já foi prefeito de lá.

Na sequência fomos até Monterey, onde fomos visitar o Monterey Bay Aquarium. Este aquário fica a beira-mar e é um dos mais importantes dos USA, com mais de 1.8 milhões de visitantes por ano. Os amantes de ficção científica devem lembrar dele por aparecer no filme “Star Trek 4: De Volta para Casa”. O passeio foi muito legal, realmente recomendo.

Já na metade da tarde, partimos para o destino final: San Francisco. O único problema de viajar pela US-1 é que fica difícil desenvolver velocidade. Neste ponto, decidi ir até a rodovia US-101 para acelerar a viagem.

Assim como em minha viagem a Maui, naquela época não havia ainda fotos digitais. As fotos que tiramos realmente não ficaram boas digitalizadas. Assim, as fotos aqui são apenas ilustrativas.

Espero que tenham gostado das dicas, realmente foi uma viagem inesquecível.

Publicado em San Simeon, USA | Marcado com | Deixe um comentário

Maui – Paraíso no Oceano Pacífico

Esta foi uma das viagens mais legais que fiz até hoje junto com a Carla e ocorreu em 1996. A viagem foi bastante longa, saindo de Guarulhos com escalas em Miami, Denver e San Francisco. A ilha de Maui está entre as mais importantes do arquipélago que formam o estado americano do Hawaii. As outras ilhas são de Oahu (onde fica Honolulu), Hawaii (com maior número de vulcões ativos) e Kauai (com população de apenas 60 mil habitantes).

Assim que chegamos ao aeroporto de Maui, um local bem pequeno, alugamos um carro e dirigimos até o hotel Inter-Continental, na pequena cidade de Wailea. Dirigir pelas estradas de Maui lembra muito as paisagens no Brasil: muitas fazendas com plantações de cana-de-açúcar, cebola, banana e abacaxi. Ao chegarmos no hotel, ganhamos os colares de flores de boas vindas chamados “lei” juntamente com a saudação tradicional: Aloha !

À noite, um lugar muito simpático para ir é a cidadezinha de Lahaina, uma meia hora ao norte de Wailea. Lahaina é muito charmosa, com muitas lojinhas, bares e restaurantes, entre eles o Hard Rock Cafe e o Planet Hollywood. Na verdade, o que existe de vida noturna em Maui está em Lahaina.

Além disso, como passeio noturno é muito legal participar de um Luau. Diversos hotéis organizam Luaus, onde se pode comer típica comida havaiana e assistir a espetáculos de danças típicas.

Nós ficamos uma semana em Maui e fizemos alguns passeios interessantes, dentre eles mergulhar no atol de Molokini, subir até o topo do vulcão inativo Haleakala e fazer uma viagem até Haina, do outro lado da ilha.

Reservamos antecipadamente a escuna para mergulhar com snorkel no atol de Molokini. Acordamos bem cedo mas quando chegamos, só tinha lugar para sentar perto da proa do barco. Eu acabei não me sentindo muito bem pois a proa é onde mais balança… mas valeu muito a pena quando chegamos em Molokini.

O mergulho lá foi sensacional, a visibilidade debaixo d´água era sem fim. Molokini é a boca de um vulcão submerso com uma infinidade de vida marinha, incluindo tartarugas e peixes das mais diversas cores.

Um outro passeio interessante foi dirigir até o topo do vulcão inativo Haleakala, com 3000m de altura em relação ao nível do mar. A visão da cratera quando se chega ao cume do vulcão é muito legal, algo completamente inóspito. Dizem que a paisagem é a mais próxima do que se poderia ter do piso da Lua ou de Marte. Aliás, ouvi que muitos preparativos e treinamentos dos astronautas do projeto Apolo foram conduzidos ali. Existe um passeio que eu não fiz mas que achei muito legal, que é subir até o topo antes do sol nascer e depois descer todo o trajeto de bicicleta. Eu imagino que a paisagem deve ser fantástica. Realmente imperdível numa viagem a Maui.

O último passeio foi uma viagem até Haina, do outro lado da ilha. Nós saímos cedo e logo no início da viagem paramos numa espécie de rosticerie especializada em preparar cestas de pique-nique. Lá a gente escolheu o que queria e vinha junto uma toalha. A estrada é muito bonita, cheia de cataratas e passando pelo meio do Parque Nacional do Haleakala, mas é também cheia de curvas (para ser preciso, 600 curvas). Um passeio legal para quem curte a natureza.

Eu e a Carla nos divertimos muito em Maui. Na época que viajamos ainda não existia câmera digital. Assim, eu acabei pegando na rede umas fotos para ilustrar melhor o post. Aloha !

Publicado em Maui, USA | Marcado com , , | 2 Comentários

San Francisco – Lembranças de Viagem

Já faz um tempo que não posto nada novo… desculpe-me ai pessoal ! Estava conversando com minha esposa Carla hoje e começamos a lembrar das duas vezes que viajamos a San Francisco, California. Lembramos de nossos passeios favoritos e queremos compartilhar com vocês o que mais gostamos:

1) Fisherman’s Wharf

Esta região próxima ao porto é um marco histórico da cidade. Ela é muito charmosa e composta de diversos bares e restaurantes. O nosso favorito foi o Bubba Gump, que fica no Pier 39. Achei muito divertido ir ao restaurante de camarões que o Forrest Gump e seu amigo Bubba tinham planos de construir :-). O restaurante, como é de se esperar, é especializado em camarões e frutos do mar com estilo Cajun. Comemos o melhor fettuccini com frutos do mar de nossas vidas e recomendamos muito caso visitem San Francisco.

2) Ghirardelli Square

O centro de compras e restaurantes fica no antigo prédio do século 19 onde funcionou a fábrica de chocolates Ghirardelli, um clássico americano. O prédio fica próximo ao Fisherman’s Wharf e possui muitas lojas legais para comprar lembranças de San Francisco.

3) Chinatown

O Chinatown de San Francisco é a maior comunidade chinesa fora da China. Eu não estive ainda na China mas dizem que é a melhor experiência sobre cultura chinesa sem viajar para lá. Segundo os guias de viagem são mais de 300 restaurantes e muitas lojas das mais variadas. Eu e a Carla nos divertimos muito por lá. Outro passeio imperdível numa viagem a San Francisco.

4) Cable Car

Um dos maiores símbolos da cidade, não se pode ir até lá sem dar uma voltinha pelas ruas de San Francisco nestes charmosos bondinhos. O mais interessante é mesmo visitar o museu do Cable Car, onde funciona também o motor elétrico central que puxa os cabos que movem os bondinhos pela cidade. Um passeio muito importante, principalmente para quem gosta de máquinas e mecanismos.

5) Golden Gate Bridge

Certamente o principal símbolo de San Francisco. Atravessar a ponte de carro em direção ao Napa Valley é um passeio muito bacana. Ao final da ponte existe um posto de observação onde se pode parar para tirar umas fotos. A Golden Gate é um dos grandes símbolos americanos, como a Estátua da Liberdade e vale muito a pena conhecer.

6) Clam Chowder

Apesar desta deliciosa sopa de frutos do mar ter como origem a região da Nova Inglaterra, do outro lado dos USA, ela também é um símbolo da cidade. É possível comprá-la em diversos pontos da cidade e é servida dentro de um pão italiano, no melhor estilo de San Francisco. Uma delícia que também recomendamos.

Um abraço !

Publicado em San Francisco, USA | Marcado com , , , , | Deixe um comentário